FRAQUEARTHEME POR PEDRO COSTA, CLIQUE E VEJA.
Summer Breeze
Eu sei que tudo isso serão apenas histórias algum dia. E nossas fotos se tornarão velhas fotografias. E todos nós nos tornaremos mãe ou pai de alguém. Mas agora, exatamente agora, esses momentos não são histórias. Está acontecendo. Eu posso ver.

"Você faz faxina em seu escritório, em sua bolsa, em sua casa, mas não faz uma faxina em tudo o que perturba a sua alma. Você não desliga a sua mente, não gerencia seus pensamentos e vive fazendo velório antes de morto. O que significa isso? Significa sofrer por antecipação, viver problemas que ainda não ocorreram e que talvez nem ocorram.
Augusto Cury. (via melancolizou)
"Temos que aprender a entender o lado das pessoas, deixarmos de ser egoístas é um grande passo pra que tudo passe a dar certo em nossos caminhos; Não sabemos ao certo o que aquela pessoa abriu mão, se foi de um grande amor, dos carinhos de seus amigos, do abraço aconchegante de sua mãe.. não sabemos.. e grande parte das pessoas nem se importa, alias, se importam sim, em julgar e olhar pro teu próprio umbigo. As vezes abrimos mãos de coisas tão importantes pra que outras pessoas tenham a chance de ser bem mais felizes do que somos ou seremos, ninguém abre mão de algo sem uma razão e sem ser tão importante pra si mesmo!
Nicholas Sparks (via imensador)
"Quem me dera estar ao ar livre. Quem me dera ser de novo aquela criança, meio selvagem, audaciosa e livre… e rir das ofensas em vez de me preocupar com elas! Por que estou tão mudada? Por que ferve o meu sangue com tanta facilidade com umas míseras palavras?
O Morro dos Ventos Uivantes. (via valiosos)
"Se eu pudesse escolher, é claro que não estaria ali. Só que eu nem sei onde estaria, e o primeiro lugar que me vem à tona não é exatamente um lugar, e assim percebo que na verdade não tenho nenhum rumo em mente. Nem pra onde ir, nem o que fazer, e nem quem procurar.
Gabito Nunes.  (via melancolizou)

um app que mostre a localização da pessoa quando fala “ja to chegando”

"Um dia eu não vou mais caber dentro de mim. Então explodirei. Não como fogos de artifícios, que são belos e inofensivos. Eu vou ser bomba nuclear, vou deixar rastros. E vou gritar todos os palavrões que estão entalados em minha garganta, e vou beijar todas as bocas que sorrirem para mim. Quando eu não aguentar mais, vou dirigir além da velocidade permitida e vou a todos os lugares que me proibiram de estar. Eu vou brigar, bater e apanhar. Quando eu não me aguentar mais eu me declaro, fumo um baseado e vou ser feliz. Mas por enquanto eu vou só levando, estampando um falso sorriso no rosto e cantarolando baixinho. Mas quando eu explodir, ah, eu vou fazer barulho.
Severinar. (via repouse)
"Sempre que nos agarramos às paredes do mundo, e na fase mais sombria da ressaca, eu penso em dois amigos que me aconselharam sobre vários métodos de cometer suicídio. Quer prova melhor de amor e companheirismo? Um dos meus amigos tem cicatrizes de navalha ao longo de todo o seu braço esquerdo. O outro enfia baldes de comprimidos pra dentro de uma massa de barba preta. Ambos escrevem poesia.
Tem qualquer coisa em escrever poesia que leva o homem pra beira do abismo. Contudo, provavelmente, todos nós três viveremos até os noventa. Consegue imaginar o mundo em 2010 DC? A forma que ele irá tomar dependerá muito do que for feito da Bomba. Eu suponho que os homens estarão comendo ovos no café da manhã, terão problemas sexuais, escreverão poesia, cometerão suicídio. Bom, sexta-feira parecia um dia tão bom quanto qualquer outro. Aí vislumbrei a manchete: “PRIMO DE MILTON BERLE ATINGIDO NA CABEÇA POR UMA PEDRA”.
- Agora, como é que você vai se matar quando eles escrevem manchetes como essa? Até as coisas mais triviais podem se tornar terríveis quando você entra num certo estado mental. E o pior de todas as fadigas e tormentos produzidos pelo medo e pela agonia é aquele que você não consegue explicar ou compreender ou até mesmo pensar. Apenas se lança sobre você como uma chapa de metal e não tem como sair dela. Nem mesmo por $25 a hora. Eu sei, suicídio? O suicídio parece incompreensível, a não ser que você mesmo esteja pensando nele. Mas falar sobre suicídio vence a vontade de fazê-lo. Ou será o contrário?
Charles Bukowski. (via pronuncio)
"Aprendi que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.
Charles Chaplin.  (via r-e-p-e-n-s-o-u)
"Sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra, seja no meio do deserto, seja no meio das grandes cidades. e quando estas pessoas se cruzam, e seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perdem qualquer importância, e só existe aquele momento.
Paulo Coelho.  (via renunciador)
"Dentro da igreja, ajoelhe-se. Numa festa, comemore. Durante um beijo, apaixone-se. De frente para o mar, dispa-se. Reencontrou um amigo, escute-o. Ou faça de outro jeito, se preferir: dentro da igreja, escute-o. Durante um beijo, dispa-se. De frente para o mar, apaixone-se. Numa festa, dispa-se. Reencontrou um amigo, comemore. Esteja, entregue-se.
Martha Medeiros.  
(via emanarei)
"Beleza não é ter um cabelo longo, pernas finas, pele bronzeada e dentes perfeitos. Acredite em mim. Beleza é o rosto de quem chorava e agora sorri. Beleza, é a cicatriz no seu joelho que você tem desde aquela vez que você caiu quando era criança, beleza é quando o amor não te deixa dormir de noite, beleza é a expressão no seu rosto quando o despertador toca de manhã. É a maquiagem borrada quando você toma banho, é a gargalhada de quando você conta uma piada e só você entende. Beleza é encontrar o seu olhar e ficar sem rumo, beleza é o seu olhar quando eu olho para ele, é quando você chora por suas paranoias, são as linhas de expressão marcadas pelo tempo. Beleza é o que a gente sente por dentro e que também reflete por fora. Beleza são as marcas que a vida nos deixa, todos os chutes e caricias que as memórias nos dão. Beleza, é se deixar viver.
Emma Watson.   (via relevoar)
"Nada contra a sua alegria, mas eu tenho a minha forma de ser feliz. E ando rindo muito bem assim: a sós. Meu sorriso também acontece quando não rio. Não precisa de lábios esticados, dentes aparentes. Tenho uma felicidade que sorri para mim e isso, de alguma forma, me basta.
Eu me chamo Antônio. (via all-have-to-say)